A Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho (EAOTPS), equipamento da Secult gerido pelo Instituto Dragão do Mar, está recebendo a exposição “Nunca se viaja em vão…se o destino é Fortaleza”, que reúne 23 telas bordadas de monumentos e espaços públicos simbólicos da capital cearense. Os trabalhos são de autoria do grupo de bordadeiras Entrelaçadas. Entre os locais que foram representados por linhas e cores estão o Passeio Público, o Mercado dos Pinhões, a estátua de Iracema, a Praça dos Leões, o Estoril, o Mercado Central e o Palacete Thomaz Pompeu Sobrinho, sede da EAOTPS.
A exposição é itinerante e já passou por outros equipamentos culturais de Fortaleza, entre eles o Museu de Arte da Universidade Federal do Ceará (MAUC) e o Cineteatro São Luiz. A mostra ficará na EAOTPS até o dia 4 de janeiro e a visitação é gratuita.

SOBRE O GRUPO ENTRELAÇADAS – O Grupo de Bordado Entrelaçadas surgiu em 2016, reunindo mulheres que começaram a se encontrar uma vez por mês para bordar, na Praça do CEART (Centro de Artesanato do Ceará). O coletivo é formado por bordadeiras já mestras e também aprendizes. “Nunca se viaja em vão…se o destino é Fortaleza” é a terceira exposição montada pelo grupo. O primeiro projeto trabalhou o tema presépios natalinos. O segundo, “A Revoada”, eternizou pássaros da caatinga em linhas e cores.

SERVIÇO:
Exposição de bordado “Nunca se viaja em vão…se o destino é Fortaleza”
Visitação: até o dia 4 de janeiro de 2020, de segunda a sexta, das 8h30 às 11h30 e 14h às 17h.
Local: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho (Av. Francisco Sá, 1801, bairro Jacarecanga)
Informações: (85) 3238.1244

Legenda da imagem  – Título: Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho. Bordadeira: Lucia Alves.

Skip to content