A Escola de Artes e Ofícios Thomaz Pompeu Sobrinho (EAOTPS), equipamento gerido pelo Instituto Dragão do Mar ligado à Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, realizou na semana de 9 a 12 de junho mais uma edição do Circuito das Artes e Ofícios. A iniciativa, que visa proporcionar o desenvolvimento de experiências artísticas em diversas técnicas e linguagens através de uma série de workshops gratuitos, é estímulo para quem sonha em iniciar na arte. Foi assim para Vinicius Catanho (22 anos), que fez no Circuito a sua primeira formação em desenho: “Meu sonho é viver do desenho e conhecer grandes profissionais como o Valber (Benevides) que pra mim é um mestre. O workshop (de artes visuais) foi um presente”, destaca.
Chargista, desenhista, pintor e escultor, Valber Benevides é um dos artistas plásticos mais conhecidos do Ceará. No workshop de Artes Visuais que ministrou, com foco no desenho e na caricatura, encontrou talentos promissores. “Foi muito bom e eu até me surpreendi. Eu pensava que o interesse em ser caricaturista estava sumindo um pouco e descobri aqui pessoas que não tinham nenhuma experiência e que mostraram talento”, reforça.
Ao todo, 30 alunos iniciantes nas artes participaram dos workshops de Artes Visuais (Desenho e Caricatura); Artesanato (Bordado), com a bordadeira Iara Reis, e Conservação e Restauro (higienização e conservação em telas), com o artista e curador Antônio Vieira, sempre na perspectiva de promover a inserção de alunos com pouca experiência que desejam ingressar no mundo das artes. “A ideia é proporcionar ao aluno aprendiz o conhecimento inicial do domínio de uma técnica, a partir de conteúdos teóricos e práticos, para sensibilizar e estimular o interesse e a criatividade de cada um”, ressalta Marley Uchôa, coordenadora da EAOTPS.
Para Vinícius, que já deseja se inscrever no curso de Gravura da Escola em agosto, a experiência foi motivadora “Pra mim foi de uma importância imensa, encontrei um conteúdo rico”, reforça.

Skip to content